segunda-feira, 31 de maio de 2010

Poesia minha...


Pra você sou assim descomplicada
Leve,desnaturada.
Livre,de andar descalso.
De coração em cirandas de roda.
De idéias loucas e libidinosas.
Desfilando por diversão.
Pra você sou assim absoluta.
Sem meio termo.
Extrema.
E de sorrisos em dias de chuva.
Pra você sou assim braços abertos.
Roupa do corpo.
Preces.
E gozos.
De dúvidas escondidas.
De certezas escancaradas.
Sou parque de diversão.
Algodão doce pra lambuzar.
Pra você não há nebulosidades
Somente dias de sol...

quinta-feira, 20 de maio de 2010

Pisando com cuidado...



De que maneira você deseja que o mundo lide com a sua dor?Sabe,apesar do grande tato que tenho em relação aos sentimentos dos outros,tenho uma grande dificuldade em me posicionar num momento de muita dor que alguém esteja vivendo.E isso as vezes pode ser confundido com falta de sensibilidade.Eu,que claramente sou durona,daquelas que aprendeu a engolir o choro e que viram a página com facilidade,acabo metendo os pés pelas mãos num momento assim.E como me arrependo depois!Sou de dar conselhos muito severos,pois a vida pra mim é muito simples e descomplicada,então fico meio impaciente quando as pessoas não conseguem lidar com seus problemas,quando não veem soluções que ao meu ver parecem tão obvias.Só que isso é muito cruel.E sei que tenho que ter cuidado com o coração dos outros.Sei que preciso conter a minha visão simplificada da vida.Preciso entender que tem gente que lida com as dores diferente,que quer colo,que quer falar,que precisa se expor pra melhorar.Esse é seu remédio.Eu não gosto de me expor,não gosto de falar e nessas horas não quero colo.Quero apenas virar a página.Mas agora,uma grande lição que aprendi,será ficar de boca calada.Apoiar,dar colo e apenas ouvir.Não vou mais impor minhas soluções simplistas.Viu?A gente aprende muito quando sabe que magoou uma pessoa muito especial...

terça-feira, 18 de maio de 2010

Tempo fechado para manipuladores...


Qualquer pessoa pode tentar me contar uma mentira ou tentar me manipular.Mas aviso que isso só irá durar 5 minutos.No sexto minuto já acordei...É que sou atenta demais.Me apego nos detalhes...Coisa que certos mentirosos não dão muita importância...

quinta-feira, 13 de maio de 2010

Poesia minha...


Sou daquelas que acreditam.
Daquelas que escolhem o momento certo.
Daquelas que vão tecendo com carinho.
Lentamente.
Com cuidado.
Sem pressa.
Entrelaçando as cores corretas.
Daquelas que respeitam o ponteiro lento.
Daquelas que não vão contra a maré.
Nem contra a direção dos ventos.
Sou daquelas que aprendeu a usar o tempo.
A se fazer presente na ausência.
Mas não confunda essa prudencia.
Não a confunda com calmaria.
Sou daquelas que abraçam o mundo.
Apertado.
E o faço colorido.
Pra você nunca mais querer ir embora.

quinta-feira, 6 de maio de 2010

Ordem do dia...



BRILHA!!!
Foi a ordem que recebi hoje.
Já estou obedecendo!
Por que o mundo é pouco pra mim...
E,somente o universo é o meu limite!

terça-feira, 4 de maio de 2010

O presente da Lu pra mim...


Delicia voltar a ser criança.Num desses dias foi o niver da minha amiga Lú.Ela fez 40tinha...Ai Lu,desculpa falar assim tão alto!!Mas a Lu merece vozes altas mesmo!Merece grandes mimos.A Lu esta esperando o Arthur.Isso,o Arthur vai chegar e a Lu será uma mamãe de 40.A Lú já tem o João Pedro e depois de 7 anos o Arthur resolveu chegar.Susto?Talvez um pouco.Felicidade? Muitaaaaaaaaa,total!
Nesse dia,do niver,fiquei olhando pra minha vida.Pra minha sensação de ver o tempo passar.Vi que é besteira ter medo.Vi que ainda é tempo de realizar as coisas que desejo.As vezes me sinto "veinhaaaaaaaa" e nesse dia vendo o sorriso radiante da minha amiga vi o quanto sou boba.Percebi que sempre há tempo para realizar grandes feitos na vida.E o mais importante é saber que tudo acontece na mais perfeita hora.Sem pressa...Sou criança ainda...Uma mocinha.Uma mocinha de apenas 35...
Beijo amiga!
Obrigada por esse dia!
Obrigada por me fazer perceber que meus medos são infundados.